Brasil tem maior número de queimadas em 7 anos, mostra relatório do Inpe


 O número de focos de queimadas no País já é o maior dos últimos sete anos. De 1º de janeiro até o último domingo, 18, foram registrados 71.497 focos - alta de 82% em relação ao mesmo período do ano passado.

O recorde anterior era de 2016, com 66.622 registros no mesmo período. Os dados são do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Depois do Amazonas, o governo do Acre declarou, na sexta, estado de alerta ambiental por causa de incêndios em matas.

Ontem (19), a poeira e fuligem das queimadas ocorridas na Amazônia foram levadas pelo vento e deixaram o dia completamente cinzento no Estado de SP.

No Twitter, a empresa de meteorologia MetSul afirmou que as fumaças que atingem o País são resultados de focos de incêndio de enormes proporções que ocorrem na tríplice fronteira entre Brasil, Bolívia e Paraguai nas últimas 48 horas.

Segundo informações do portal H2Foz, em Foz do Iguaçu os bombeiros atendem mais de duas ocorrências de queimadas por dia.

As informações são do Estadão Conteúdo/São Paulo.
 
Crédito imagem: Agência Brasil