Pedalada na Itaipu promove a conscientização sobre a prevenção ao suicídio


 Cerca de duzentas pessoas acordaram cedo neste domingo (15) para ajudar a mostrar, na usina de Itaipu, que o esporte pode ser um instrumento de alerta e precaução para um problema sério e silencioso, de abrangência global: o suicídio. Elas participaram do 1º Pedal Viver e Sorrir – passeio ciclístico promovido pelo Núcleo de Apoio à Vida de Foz do Iguaçu (Navifoz), em parceria com a Cia do Riso, como parte da campanha Setembro Amarelo na cidade.

 

A iniciativa teve como objetivo principal divulgar mensagens de conscientização e ajuda e, também, a adoção de práticas rotineiras de hábitos saudáveis - pedalar, por exemplo - como antídotos naturais contra as causas do ato de tirar a própria vida.

 

Entusiasta da causa, o diretor-geral brasileiro, general Joaquim Silva e Luna, não apenas apoiou a iniciativa permitindo a realização do evento dentro da hidrelétrica como também vestiu a camisa da ação e pedalou oito quilômetros de percurso de ida e volta entre a Barreira de Controle e o Mirante Central da usina.

 

“Proponho que cada um aqui assuma o compromisso de trazer pelo menos mais uma pessoa para participar da próxima edição, daqui a um ano, fazendo com essa iniciativa seja cada vez mais conhecida e as causas do suicídio, mais enfrentadas”, disse o general. “Ações como essa são importantes principalmente como forma de prevenir a depressão, o isolamento e a solidão, trocando isso tudo por companheirismo, endorfina, motivação e alegria de viver”, afirmou.

 
Informações: Itaipu FM

Crédito: Flávio Miranda/Itaipu Binacional